top of page

Principais componentes do modelo de responsabilidade compartilhada

  • Responsabilidade principal

  • Tecnologia de suporte

  • Segurança

  • Regulamentação

Segurança


A próxima parte do modelo de responsabilidade compartilhada do Microsoft 365 é a segurança. Você vai ver que a representamos estrategicamente como uma caixa mista e não como caixas separadas, pois tanto a Microsoft quanto a organização de TI são responsáveis pela segurança.

A Microsoft protege o Microsoft 365 no nível de infraestrutura. Isso inclui a segurança física dos seus data centers e a autenticação e identificação em seus serviços de nuvem, além dos controles de usuário e administração integrados à interface do Microsoft 365.

A organização de TI é responsável pela segurança no nível dos dados. Há uma longa lista de riscos internos e externos à segurança dos dados, incluindo exclusão acidental, administradores maliciosos abusando do seu acesso e ransomware, para citar alguns. Assista a este vídeo de cinco minutos que mostra como o ransomware pode dominar o Microsoft 365. Só isso basta para causar pesadelos.



Regulamentação


Os últimos componentes são os requisitos de conformidade e legais. A Microsoft deixa muito claro na Central de Confiabilidade do Office 365 que a função dela é a de processador de dados. Isso volta o foco dela para a privacidade dos dados e você pode ver no site deles que ela tem uma grande lista de certificações do setor. Mesmo que seus dados residam no Office 365, a função de uma organização de TI continua sendo a de proprietária dos dados. E essa responsabilidade inclui todo tipo de pressões externas do seu setor, além de exigências de conformidade dos seus pares dos setores jurídico, de conformidade ou de RH.


FONTE: VEEAM.





3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page