top of page

Como compartilhar arquivos confidenciais on-line com segurança



Manter a confidencialidade dos seus arquivos e compartilhar informações confidenciais com segurança é fundamental na era das crescentes ameaças cibernéticas. Saiba quais medidas você deve tomar e as opções disponíveis para proteger seus dados contra possíveis riscos.


Nossas vidas estão cada vez mais vinculadas com o mundo digital e, embora isso traga uma série de vantagens, também nos expõe à ameaça de roubo de dados. Se você tiver informações pessoais, médicas ou financeiras confidenciais, tudo o que cair nas mãos erradas poderá ser usado para fraudes futuras ou até mesmo chantagem. O compartilhamento seguro até mesmo dos arquivos mais confidenciais pode nos poupar do estresse, da perda financeira e, possivelmente, do tempo e do esforço necessários para nos recuperarmos após um grande incidente com dados.

Mas com tantas opções disponíveis, pode ser difícil saber por onde começar.

Por que o compartilhamento seguro de arquivos é importante?

Os vazamentos de dados são cada vez mais comuns. De acordo com uma pesquisa recente, 61% dos americanos sabiam que seus dados pessoais haviam sido comprometidos em pelo menos uma de suas contas. Mais de dois quintos (44%) afirmam que isso aconteceu mais de uma vez. Mais de 94% dos vazamentos de dados em 2023 tiveram motivação financeira, e mais de 70% foram cometidos por grupos de crime organizado, de acordo com dados compilados pela Verizon. Embora seja comum que cibercriminosos ataquem em massa as organizações que mantêm nossos dados, ataques de phishing contra indivíduos também são comuns.

A vigilância governamental, ou usuários não autorizados que podem ler informações confidenciais e bisbilhotar nossos dados mais sensíveis, também pode ser uma preocupação.

Com o que você deve ficar atento?

Há muitas opções para o compartilhamento de arquivos. Algumas, como pen drives ou outras mídias de armazenamento removíveis, embora não tenham peso quando se trata de transferências de arquivos on-line, têm outras possíveis desvantagens.

Outros métodos de transferência têm seus próprios problemas:

  • FTP: o protocolo de transferência de arquivos (FTP) foi criado especificamente para o compartilhamento de arquivos, mas não possui criptografia integrada (a menos que você use sua forma segura conhecida como FTPS ou uma alternativa segura ao FTP conhecida como SFTP) e pode exigir uma configuração complexa que somente empresas e pessoas com experiência em tecnologia podem suportar.

  • P2P: o P2P (peer-to-peer), que elimina o intermediário, pode funcionar para compartilhar determinados arquivos, mas, na ausência de outras precauções, geralmente não é a melhor opção para compartilhar documentos confidenciais.

  • Anexos de e-mail: as pessoas geralmente consideram essa a melhor maneira de enviar arquivos confidenciais, mas esquecem que muitos provedores não necessariamente protegem (criptografam) a mensagem quando ela chega ao destinatário. Além disso, o que acontecerá se a sua conta de e-mail ou a conta do destinatário for comprometida? Há também o problema de que muitas plataformas têm um limite de tamanho, o que pode não ser bom para arquivos grandes de imagem ou vídeo. Um serviço comprovado que ofereça e-mail criptografado de ponta a ponta costuma ser uma opção melhor em muitos casos, mas também há outras opções.

7 dicas para compartilhar arquivos grandes com segurança

O armazenamento de arquivos criptografados de ponta a ponta na nuvem é a melhor opção para a maioria das pessoas, especialmente quando as soluções anteriores falham. Se você tomar as devidas precauções, poderá ter um armazenamento em nuvem seguro, no qual seus arquivos são mantidos em sigilo. Você pode convidar usuários selecionados para visualizá-los, fornecendo-lhes um link de download por tempo limitado, e isso permite que você atualize os arquivos enquanto eles estiverem em uso e que todos vejam a mesma cópia.

No entanto, nem todas as soluções são iguais, e talvez você precise tomar medidas adicionais para atenuar os problemas mais graves de segurança, privacidade e experiência do usuário. Considere o seguinte:

  1. Escolha a criptografia de ponta a ponta (E2EE): como seus segredos são criptografados na origem e descriptografados no destino pretendido (e permanecem criptografados enquanto armazenados), a E2EE é ideal para a troca de dados entre dispositivos. Isso abrange a criptografia em repouso e em trânsito e, mesmo que o provedor seja alvo de cibercriminosos, os dados não serão expostos. Além dos provedores de compartilhamento de arquivos em nuvem E2EE, há também serviços de e-mail E2EE, embora haja limites de tamanho de arquivo.

  2. Opte por um provedor que se concentre em segurança e privacidade: há muitas ofertas no mercado. É importante que você pesquise com antecedência para ter certeza de que o provedor é o certo. Leia as políticas de privacidade e entenda como seus dados são protegidos.

  3. Lembre-se dos controles de acesso: para aumentar ainda mais a segurança, certifique-se de que os arquivos sejam protegidos por senha com credenciais fortes e exclusivas para mantê-los a salvo de olhares indiscretos. E ative a autenticação de dois fatores (2FA) para proteger ainda mais sua conta contra phishing e outros ataques. Configure um link compartilhado para que as pessoas que o possuem possam acessar seus arquivos.

  4. Links com limite de tempo: ao definir um limite de tempo para os links de download enviados a um destinatário, você pode minimizar o risco de acesso não autorizado aos seus arquivos. Para maior proteção, alguns provedores também permitem que você exclua remotamente os arquivos ou revogue o acesso após o download.

  5. Use uma VPN em redes Wi-Fi públicas: se possível, não acesse nenhuma conta confidencial quando você estiver conectado a uma rede Wi-Fi pública potencialmente insegura. Se você não tiver escolha, use uma VPN confiável para criptografar o tráfego.

  6. Verifique os limites de tamanho de arquivo: assim, você pode ter certeza de que pode enviar arquivos do tamanho que deseja de forma rápida e fácil.

  7. Use software de segurança: nem é preciso dizer que você deve tratar com cautela todos os links recebidos de sites de compartilhamento de arquivos, mesmo que pareçam legítimos. O software de segurança examinará os links ou arquivos baixados em busca de malware e manterá seu próprio computador protegido contra ataques criados para sequestrar ou espionar as comunicações.

Todos nós temos diferentes níveis de tolerância a riscos de segurança e privacidade. Mas se você seguir essas dicas, poderá escolher o serviço que melhor atenda às suas necessidades de compartilhamento de arquivos.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentarer


bottom of page